Fatos reais...

Publicado por Mitsuyia ~ @Hfr_sarang no 14:19

Da porta do meu trabalho, eu avistava lá na rua um senhor velhinho com sua motocicleta vermelha e barulhenta.
Aquele senhor não era rico, mas era feliz.
Sempre com um sorriso no rosto, ele demonstrava que não precisa da fortuna e a felicidade imposta pelo mundo.
Ele era um rapaz humilde e que me fez ficar com os olhos cheios d'água, por saber e me lembrar que a felicidade não está nas coisas materiais...

Felicidade está aqui, ali... Está nas coisas simples.

Resposta

Publicado por Mitsuyia ~ @Hfr_sarang no 19:07

' E tudo quanto pedires em oração, crendo, recebereis.'


Mateus 21-22

Deus!!!

Publicado por Mitsuyia ~ @Hfr_sarang no 18:01

Os dias são longos, porém a minha face quer ver o agir de suas mãos em minha vida.

Muitos nunca entenderão, muitos não ouvirão, mas a palavra mandada por seu filho está em meu coração.

Não vivo impiamanente, pois meu coração busca por honestidade, ingenuidade,paz...

Coisas diferentes desse mundo maligno.

Estou junto a Ti Senhor, na caminhada!

Os meus desejos não são desejos do mundo.

A carne anseia pelo mundo, mas a alma anseia por Ti Senhor.


Uma antiga história...

Publicado por Mitsuyia ~ @Hfr_sarang no 05:26

Contarei hoje,o final da história que fiz em dezembro de 2007.

...

Império Vermelho

(Década de 30)

Por aqui tudo está diferente...
Depois da morte da Senhora Li, o Império Vermelho foi deixado sob minha responsabilidade.


Ás vezes é difícil lembrar de algumas pessoas, se passou tanto tempo! De Meng eu me recordo, era muito companheira, me ajudava bastante.
Apesar de não tê-la visto nunca mais, sinto que vive com Hirao no campo. Nem ousaria regressar,eu lhes causei tanta tristeza.
O Senhor Chan ainda é o médico aqui da região. Ele sempre foi muito bom para todos nós.
Sonho tanto com Junsu e o Chang, tento me lembrar dos momentos felizes que todos nós passamos no campo.
Cada dia penso neles de uma forma,ora no céu, ora no campo junto a Meng.
Penso que tudo que vi foi mera ilusão.
Tsu continua a ser meu marido e general de Kitakyushu. No momento suas tropas estão em Okinawa.


Aqui no Japão,vivemos um momento conturbado, tantas coisas ocorreram nesse ano.
Uma coisa que me lembro todos os dias são das palavra de consolo da Senhora Li, pedindo pra que tívessemos esperança.
Agora, fechando o livro de recordações, só uma coisa me vem á mente... O sorriso de Junsu.
Hoje será um dia memorável para Kitakyushu, a gueixa Mitsuyia venderá seu mizuage. Me lembro desse meu dia, foi quando me apaixonei por Junsu.
Que amor impossível...
Apesar de tê-lo amado muito, não quero a mesma vida para Mitsuyia.


Temos que seguir nosso destino de gueixa, porque ser gueixa não é uma escolha, é um destino.

Você e eu...

Publicado por Mitsuyia ~ @Hfr_sarang no 18:46

Não importa o que aconteça
Mesmo quando o céu estiver desabando
Eu te juro
Que nunca te deixarei ir

Quando eu caio,
Sem ter sido tocada
Você me levanta
Com seu olhar intenso

Sinto-me miserável por não poder fazer nada por você
Mas hoje
...
Hoje à noite em seus olhos
Eu vejo a dor que você tem escondido de mim
Por trás deste sorriso

Você e eu juntos
Parece tão certo
Nunca diga "vamos terminar"
Não importa o que te dizem, eu te protegerei

Você e eu juntos
Não solte as minhas duas mãos
Nunca diga "adeus"
Porque você é o único para mim neste mundo

Eu fecho os meus olhos devagar
E quando a solidão vem até mim à noite
Eu não tenho medo de nada
Quando sua respiração me envolve
Ninguém neste mundo pode destruí-lo
Você é o único
E eu sempre estarei lá por você