Publicado por Mitsuyia ~ @Hfr_sarang no 18:38

Eu amo o meu amigo. Pode soar clichê, tendo em vista que eu sempre confundo as coisas e enxergo sentimento aonde nada tem. Mas entre a gente existe. Tudo bem, pode não ser amor. Pelo menos, não o amor que eu queria que fosse. Mas ele faz de mim a garota mais feliz do mundo. Eu amo o meu amigo porque ele me escuta sempre que preciso, até mesmo quando quero desabafar dores de outros amores. Ele não hesita em pôr um sorriso nos meus lábios. Eu amo meu amigo. Amo os seus ombros largos e suas covinhas. Amo a maneira que ele me protege e quando ele usa bermudas largas e sua cueca box, branca, fica a mostra. Amo quando ele vai lá em casa e minha mãe abre um imenso sorriso porque ele é um dos poucos que consegue agradá-la. Eu amo quando alguém diz que deveríamos namorar, mesmo que minhas bochechas fiquem coradas. Eu amo a cara que ele faz quando quer algo e o jeito que ele se transforma na pessoa mais fofa do mundo quando quer alguma coisa. Eu amo o meu amigo porque eu absorvo as manias dele e ele as minhas. Eu amo o meu amigo porque a gente se entende com um olhar. Eu amo o meu amigo porque ele faz com que eu me sinta segura, amada, mulher. Eu amo o meu amigo porque a gente gosta das mesmas músicas, dos mesmos filmes e dos mesmos caras. Eu amo meu amigo, pena que ele é gay.

— Até que a amizade os separe.  (via querido—john)