24 de abril de 2010

Sociedade


Quando eu estou no meu mundo,eu vejo que as coisas são mesquinhas. Muitas pessoas interesseiras, preconceituosas, calculistas...

Mas quando estou do seu lado, percebo que apesar das dificuldades podemos ser felizes.
Eu tento continuar a vida, nesse mundo futil e vazio, cheio de grana e preconceito.
Essa sociedade assombra meus sonhos.
Minhas aspirações de contos de fada.
Ninguem precisa ser quem não é.
Todos nós pertencemos a mesma sociedade hipocrita que insiste nessa desigualdade social FDP.

Não é se escondendo por trás de um muro de pedra de um condominio de luxo, que a favela vai deixar de existir.
Não é se protegendo dos bandidos de beira de estrada, que vc vai se ver livre dos bandidos de terno e gravata.

A grande midia televisiva,cega e surda a população ignorante que esquece quem são os verdadeiros ladrões do BRASIL.


Esse mundo vira as costas para quem precisa e aperta a mão dos FDP's de colarinho branco.Isso enoja a população que parece que finge que não sabe por que somos enganados tão facilmente por eles.

4 comentários:

Laari disse...

Nesse mundo em que vivemos, só tem gente que não presta e nunca vão prestar /fato

Bons pensamentos flor
;*

Lys Fernanda disse...

Pra tudo se resta uma esperançao ate pra esse mundo cruel amor, meus beijos. :D

Lídia Andrade disse...

Amo o seu jeito de pensar.
Seus textos são tocantes.
Bjs :* se cuida

Raphael Andrade disse...

Simplesmente concordo, apenas.
Não falo nada a mais, porque escreveu perfeitamente.
A sociedade age como se tivesse a visão cega, e a capacidade de pensar não existisse.
Bjos adorei.;