Pular para o conteúdo principal

Bailarino

De noite, pela rua escura, andava um menino com sua sacola de pano nas costas.Perto do ponto de ônibus, o menino parou para descansar. A chuva começou a cair.Ele pôs a sacola no chão molhado e nas pontas do pé, dançou delicadamente por entre as poças.A lua refletia uma doce luz brilhante nas calçadas molhadas.A rua vazia se estendia até o final do horizonte. Nenhum carro, nenhum som, nenhum ninguém.
O menino pulava, batia os sapatos nas latas de lixo. Sentia o vento e os pingos de chuva no rosto.
Bailarino, aquele que não tinha medo, aquele que era forte, que morava na rua, aquele que sonhava com a melodia.
Dançava no palco da escuridão da noite, seu principal refletor era a lua, as estrelas sua platéia, a música o som da vida.

Comentários

FatoSempalavras. disse…
Ah, é claro que eu posso passar aqui..aliás, seria uma falta de delicadeza imensa a minha caso ñ viesse até aqui compartilhar de tais palavras tão emocionantes. Vc escreve com uma lenidade AFLORADA, isso dá mais emoção, dá mais entusiasmo ao ler e faz querer degustar cada linha.

Parabéns.
Estou seguindo o seu blog, ok?

Se puder, por favor, faça parte da nossa comunidade -, sim, esta tb é sua já que escreves =)

http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=96229629

Incontáveis abraços.
patyemo disse…
Ai que fofo.
As pessoas mais felizes são as que dão valor as pequenas coisas né?

PS:vou seguir tá?
bju~*~
angel disse…
Talvez outras pessoas nem reparassem no menino bailarino. somente pessoas com almas delicadas são capazes de enxergar momentos tão líricos quanto este.
Adorei.
Parabéns, seu texto é de uma suavidade que contagia. Eu poderia jurar que também vi o menino dançando na chuva e todo o cenário que o envolvia.
Abraço
angel
Becka disse…
um texto taão lindo tão delicado tão suave um texto com sentimento que escreve pouco mas diz tudo .
adorei .
Mitsuyia disse…
muito obrigada...por vocês terem gostado do meu texto....
bjss

Postagens mais visitadas deste blog

Paz e Amor

Eu demorei um pouco para escrever essa postagem, pois esperei a poeira baixar.
Algumas pessoas rudes de coração, falaram coisas desgostosas a respeito do Kpop 'Divulgação Official, meu projeto de música coreana.
De primeira eu senti pena dessas pessoas, depois eu quis saber porque essas pessoas precisavam agredir verbalmente minha equipe e eu.
Para finalizar fiquei sabendo o porque dessas atitudes e percebi que não precisava me preocupar com essas pessoas.

Para quem ainda não entendeu sobre o que estou falando, aqui está um pequeno resuminho:

Recentemente, houve um pequeno mal entendido no blog Kpop ‘Divulgação Official em relação a um post.
Talvez algumas pessoas tenham entendido e não tenham concordado, ou talvez não tenham simplesmente entendido o que relatei em meu blog de música coreana.


Os fãs do famoso cantor Xiah Junsu discordaram (e uns me agrediram verbalmente), em relação a uma postagem intitulada Xiah – Intoxicadamente sem limites. O texto trazia a tona o uso de uma ape…

Case-se com o seu melhor amigo

"Case-se com o seu melhor amigo. Eu não digo isso levianamente. Realmente, verdadeiramente encontre a mais forte, a mais feliz amizade na pessoa com quem você se apaixone. Alguém que fale muito bem de você. Alguém com quem você possa rir junto. O tipo de riso que faça a sua barriga doer e sair ronco pelo nariz. O mais embaraçoso riso, o tipo de riso que tudo cura. O humor é importante. A vida é demasiada curta para não amar alguém que lhe permita ser um tolo. Certifique-se de que ele seja alguém que deixe você chorar também. O desespero virá. Encontre alguém que você queira que esteja lá com você durante os tempos difíceis. Mais importante ainda, case-se com aquele que faça a paixão, o amor e a loucura combinarem, e claro, através de você. Um amor que nunca irá se diluir - mesmo quando as águas se tornem profundas e escuras."
- Bella Falconi

A culpa é das estrelas!

Hoje é um daqueles dias que você se sente bem pra baixo.
E como todo bom deprimido, nós nunca queremos chutar o balde e dar a volta por cima, nós gostamos mesmo é de ver filmes tristes e ouvir músicas românticas.

Quando crianças, as pessoas insistem em nos perguntar o que seremos quando crescermos. Parece uma simples pergunta, não é mesmo? É só escolher algo dentre tantas as opções do universo, abrir a boca e falar. É isso mesmo, hoje em dia, adultos, percebemos que não é algo tão simples assim. Principalmente quando as coisas são mais difíceis do que imaginamos.
Parece um mar sem fim onde precisamos fazer escolhas a todo tempo. Como se tudo dependesse disso. É escolher a faculdade, o emprego, o namorado, o que vai fazer amanhã, no final de semana, no próximo ano... Que cansativo!
Por que não podemos simplesmente escolher viver?


E se eu escolher acordar tarde, comer um pouco de miojo, andar descalça, não pentear o cabelo, usar o pijama o dia inteiro, usar o Facebook, tirar fotos alea…