3 de janeiro de 2010

Bailarino

De noite, pela rua escura, andava um menino com sua sacola de pano nas costas.Perto do ponto de ônibus, o menino parou para descansar. A chuva começou a cair.Ele pôs a sacola no chão molhado e nas pontas do pé, dançou delicadamente por entre as poças.A lua refletia uma doce luz brilhante nas calçadas molhadas.A rua vazia se estendia até o final do horizonte. Nenhum carro, nenhum som, nenhum ninguém.
O menino pulava, batia os sapatos nas latas de lixo. Sentia o vento e os pingos de chuva no rosto.
Bailarino, aquele que não tinha medo, aquele que era forte, que morava na rua, aquele que sonhava com a melodia.
Dançava no palco da escuridão da noite, seu principal refletor era a lua, as estrelas sua platéia, a música o som da vida.

5 comentários:

FatoSempalavras. disse...

Ah, é claro que eu posso passar aqui..aliás, seria uma falta de delicadeza imensa a minha caso ñ viesse até aqui compartilhar de tais palavras tão emocionantes. Vc escreve com uma lenidade AFLORADA, isso dá mais emoção, dá mais entusiasmo ao ler e faz querer degustar cada linha.

Parabéns.
Estou seguindo o seu blog, ok?

Se puder, por favor, faça parte da nossa comunidade -, sim, esta tb é sua já que escreves =)

http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=96229629

Incontáveis abraços.

patyemo disse...

Ai que fofo.
As pessoas mais felizes são as que dão valor as pequenas coisas né?

PS:vou seguir tá?
bju~*~

angel disse...

Talvez outras pessoas nem reparassem no menino bailarino. somente pessoas com almas delicadas são capazes de enxergar momentos tão líricos quanto este.
Adorei.
Parabéns, seu texto é de uma suavidade que contagia. Eu poderia jurar que também vi o menino dançando na chuva e todo o cenário que o envolvia.
Abraço
angel

Becka disse...

um texto taão lindo tão delicado tão suave um texto com sentimento que escreve pouco mas diz tudo .
adorei .

Mitsuyia disse...

muito obrigada...por vocês terem gostado do meu texto....
bjss